' Falta tanta coisa na minha janela como uma praia, falta tanta coisa na memória como o rosto dele*, falta tanto tempo no relógio quanto uma semana, sobra tanta falta de paciência que me desespero. Sobram tantas meias-verdades que guardo pra mim mesma*, sobram tantos medos que nem me protejo mais, sobra tanto espaço dentro do abraço, falta tanta coisa pra dizer que nunca consigo..

terça-feira, 12 de julho de 2011

Não é qualquer sorriso e nem qualquer olhar;

 Não é qualquer abraço e nem qualquer maneira. 


Não é uma pessoa qualquer. É você. Sempre você.

- Retratos ocultos.

Um comentário:

  1. Tava procurando uns blog´s e achei o seu ....e me apaixonei hahahahahha é lindo de mais,e com textos otimos meus parabens ! Se quiser ver o meu..talvez te interrese --> www.hatersgonnahate4ever.blogspot.com

    ResponderExcluir