' Falta tanta coisa na minha janela como uma praia, falta tanta coisa na memória como o rosto dele*, falta tanto tempo no relógio quanto uma semana, sobra tanta falta de paciência que me desespero. Sobram tantas meias-verdades que guardo pra mim mesma*, sobram tantos medos que nem me protejo mais, sobra tanto espaço dentro do abraço, falta tanta coisa pra dizer que nunca consigo..

domingo, 24 de agosto de 2014

Sexo;

Esse post é meio polêmico, não deveria postá-lo, mas a revolta é tão grande que não consigo contê-lo. (Que meu pai nunca o veja haha)

Fico puta da vida de ver que pleno 2014 ainda existe gente BABACA que acha que homem pode tudo e mulher não pode nada. "Homem é diferente, foi feito diferente, prova os tempos das cavernas, mulher é frágil, homem é forte, gosta de putaria, sente prazer com essas coisas, mulher quando entra nessas é pra se vingar, ou pra imitar os homens, querendo se igualar por revolta, não é da natureza delas gostar dessas safadezas, mulher gosta de unha e cabelo, só"

Cara, se você é mais um dos que pensam assim: SAI DAQUI! 
Só homem pode gostar de sexo agora?! Namora um, então!!!! 


Acho que quem lê meu blog sabe que não costumo dizer muitos palavrões, mas se preparem, esse post está cheio deles. Cheio porque eu REALMENTE não consigo me conformar com a merda que fizeram na nossa sociedade, e na cabeça dos homens, e até de algumas mulheres.

É por causa de gente BABACA que nem você, que muitas mulheres não conseguem aceitar seus instintos e viver como desejam!!! Não estou fazendo apologia a putaria, muito pelo contrário, quem me conhece sabe como eu julgo e condeno essas coisas vindas de HOMENS ou de mulheres. Pra mim não faz diferença se você tem um pipi* ou uma pepeca*! Caráter é caráter! Eu não sou o tipo de pessoa que sai dormindo com meio mundo, mas também não quero um cara que faça isso. É um direito meu, não é? Assim como é um direito da fulana de sair com um, dois, três, quatro... assim como vocês saem e exibem com o maior orgulho.


Quem foi que determinou que mulher não tem vontade de transar? Que mulher não sente tesão? Que mulher não sente prazer? Que mulher não gosta de safadeza? E que quando faz é só por revolta ou por querer ser feminista e se igualar aos homens? Sabe o que eu acho? (E estudei anos pra achar isso), as mulheres não conseguem se entregar ao sexo IGUAL o homem por pura repressão. Mulheres sempre foram reprimidas pela sociedade e, já que você quis mencionar o "tempo das cavernas", desde sempre, existiam papéis pré-determinados ou pré-concebidos. O que as pessoas devem fazer? Segui-los.  

Um cara nem precisa falar que se masturba. Todo mundo sabe disso! Agora quando uma mulher diz que faz, todo mundo faz cara de choque, inclusive outras mulheres. Acham que ela é ninfomaníaca ou sei lá, só não presta mesmo. E exatamente por isso, a maioria mente. Diz que não faz. E em casos extremos, sentem vontade, mas realmente não fazem, e por que? Porque se sentem erradas, por um falso moralismo do caralho que um idiota que nem você inseriu nessa merda. 

Eu não quero imitar homem nenhum. Sou eu mesma desde pequena e sempre tive meus instintos aflorados. Fui muito reprimida por meus pais, e trago consequências dessa repressão até hoje. Mas tenho consciência disso. E sei o que tenho vontade ou não tenho. Não é um idiota como você que vai me dizer que o que eu sinto não é real, mas o que você sente, é. Da mesma forma que você tem vontade de transar, de abusar nas fantasias, cometer umas loucuras, que se sente estimulado por diversas coisas, adivinha? EU TAMBÉM!!!!! E não, não é por revolta, ou pra roubar seu lugar de homem, é porque eu sou HUMANA e também tenho instintos e desejos. 


Ai o cara me diz que até anatomicamente somos diferentes. 
VAI SE FODER!! 

Somos TODOS diferentes. Existe homem baixo, alto, magro, gordo, musculoso, mulher alta, magra, baixa, gorda, musculosa, forte. Que isso? Nasceram no sexo errado? Não existe mais essa de sexo frágil. Alias, só pra te informar, tem mulher que aguenta mais coisa que muito homem, viu? Concordo que existem algumas diferenças, como existem diferenças de um homem para outro ou de uma mulher para a outra. O fato é que essas diferenças não determinam quem pode e quem não pode gostar de sexo, quem gosta mais ou quem gosta menos! E se você quer mencionar diferenças físicas pra justificar tamanha idiotice, ótimo! Mulheres conseguem transar quantas vezes for preciso, enquanto vocês ficam de pau mole*. E mais, com o passar dos anos, mesmo ambos tendo os hormônios reduzidos, nós ainda conseguimos transar numa boa. Enquanto a maioria de vocês vai precisar apelar para os remédios. Então se liga! Do mesmo jeito que essa minha menção é idiota, você também está sendo. Não é ter um pênis ou uma vagina que determina no que, quanto, ou porque você sente ou pode sentir tesão. 

O grande problema dos homens (e da sociedade num geral) é não querer aceitar que nós mulheres também temos uma natureza instintiva, e por que não safada? Como a deles. Porque é tão difícil? Conheço muitas mulheres que não conseguem se liberar na cama porque de alguma forma, elas consideram que não é certo. Que devem sentir nojo disso ou daquilo, que se uma mulher faz tal e tal coisa é vagabunda.. e mais um monte de absurdos. Sim, absurdos. Igual homem achar que não pode chorar ou ser sensível porque vai deixar de ser homem se fizer. Adivinha? Todos temos coração. E sentimentos, e emoções. E adivinha de novo? É mais saudável deixar ela vir a tona do que passar a vida sendo um robô inútil que só faz o que "todos os homens" devem fazer. Adivinha mais ainda? Da mesma forma que todos temos sentimentos, todos sentimos tesão!!! E sabe o que eu acho particularmente? Que os homens sempre tiveram tanto medo das mulheres sentirem prazer como eles, que resolveram podar meio mundo. Você ama o cara que você tá e você não consegue se entregar completamente por que? Por medo do que ele vai pensar, por medo do que a sociedade repugna, por algo que já está tão fincado em você, que você nem sabe como recorrer.


Agora me diz, as mulheres que conseguem se satisfazer são vagabundas ou estão revoltadas querendo imitar os homens. As que nunca se satisfazem não se satisfazem por que? Parou pra pensar? Talvez porque não consigam se entregar aos instintos como qualquer pessoa deve fazer? Seja homem ou seja mulher. Isso é certo? Repito, FALTA DE CARÁTER não tem nada a ver com instinto. Não sou mais uma dessas feminazis, não defendo um monte de coisas que a maioria defende, não sou a favor de (sejam homens ou mulheres) sair pegando meio mundo, e não concordo que as mulheres que realmente gostam muito de sexo são vagabundas ou revoltadas. Até porque, tenho amigas que se revoltaram, saíram pegando meio mundo por revolta e adivinha? Nem querendo se igualar ao homem, conseguiram se soltar na cama. Não adianta. Se a pessoa não conseguir se libertar desse pensamento idiota que mulheres não podem isso e aquilo e que homens podem tudo, você pode estar o mais revoltada que for, que não vai conseguir se entregar completamente ao sexo. E tem mais, conheço homens que se sentem pressionados pra pegar um monte de gente quando na verdade não querem. Isso faz deles menos homem? Como você explica existirem mulheres que GOSTAM muito da coisa, e homens que não gostam nada? E mulheres que conseguem se entregar completamente, sem sair pegando geral? Não é o seu sexo que determina seus instintos. Homens são mais estimulados, mulheres mais reprimidas. Por isso vocês acham que sentem mais e elas menos. A verdade é que todo mundo quer ter uma transa bem foda que te deixe de perna bamba o dia inteiro. HOMEM OU MULHER! Atingir o "clímax" é igual pra todo mundo. Não consigo me conformar que em pleno século XXI, as pessoas ainda pensem dessa forma. Sexo é uma das melhores coisas do mundo. É maravilhoso confiar em alguém e poder fazer tudo o que você tem vontade. Sem medo, julgamentos ou repressão. Se fosse possível eu recomendaria as pessoas que transassem TODOS OS DIAS, de manhã, a tarde e a noite. Sinto tesão com muita coisa! Também sinto falta e também acho o negócio muito bom! Acho um absurdo pessoas que não evoluíram mentalmente achar que só é bom para os homens, ou que eu estou querendo imitá-los. O que eu sinto não é imitação. E não, eu não sou revoltada, não quero te imitar, nem tenho problema. Nossa sociedade inteira é doente, cada dia mais doente, basta analisar os fatos. Talvez quem tenha problema seja você! 


Pensa nisso (y)  

terça-feira, 19 de agosto de 2014

É a sorte de ser o sonho da mulher dos seus sonhos;

E eu chego em casa cansado. Jogo minhas roupas pelo chão do quarto e sento no sofá, acabado. Ela chega, me grita atenção e fala como uma doida de como foi teu dia. Eu fico entre um “uhum” e outro. Entre uma risada e outra. Mas fico com olhos e ouvidos bem atentos, como um menininho ouvindo uma história de uma heroína que salvou a cidade e ainda lembrou de passar no mercado para comprar meu iogurte predileto. Ela me faz massagens quando eu peço. Mas só aceita fazer caso eu prometa fazer nela também. Ela trabalha, estuda, dá um trato em seu visual, prepara a comida e ainda arruma tempo para me amar e me pedir para levá-la no cinema. Às vezes, eu penso como é louco o amor. No começo, eu passava noites em claro só para descobrir a melhor forma de conseguir ter um encontro com ela. E, hoje, ela é quem me convida. No primeiro encontro, eu passei quase duas horas inteiras me arrumando. Coloquei minha melhor roupa e me encharquei com meu melhor perfume só para agradá-la. Hoje, ela me acha lindo de moletom ou suado pós-futebol. Ela me espera. Ela fica ansiosa para me ver. E me liga só para dizer que está com saudades. Ela diz que ama e que morre de tesão por mim, também. Ela me faz carinhos e arranhões que nunca tive. E me beija o corpo inteiro. E quando briga comigo por ciúmes é por medo de me perder. Ela é perfeita, mas não sabe. O meu lado possessivo até acha isso bom. Porque no dia que ela perceber que ela é dez mil vezes melhor do que qualquer mulher nesse mundo, vai querer outro cara dez mil vezes melhor do que eu. E há vários caras perfeitos por aí. Mas não sei como, ela se encantou por minha barba mal feita, por minhas piadas sem graça e por meus olhos cansados. Bendita a sorte a minha. Até hoje não sei o que falei para ter roubado a atenção dela. E, se um dia descobrir, falarei o dia inteiro. Trato-a como uma rainha tendo a certeza de que não sou merecedor de um lugar em teu altar. Mas me esforço tanto que ela acha graça até das minhas imperfeições. 


É a sorte de ser o sonho da mulher dos seus sonhos.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Protetor Labial Nívea Lip Care

Boa noite, gente!

Sei que não costumo escrever muitos posts sobre cosméticos, mas preciso compartilhar com vocês a maravilha que é este Protetor Labial da Nívea. Como a maioria aqui deve saber detesto o inverno! Primeiro, porque não há programa algum (além de dormir) que se torne bom com todo esse frio. Segundo, que sofro horrores com as quedas de temperatura. Meus lábios ficam mega ressecados. Mas bastante mesmo. Exageradamente. Chegando a se romper e sangrar do nada algumas vezes. Por incrível que pareça, nem a milagrosa formula do Bepantol estava dando resultado. Tentei todas as receitas possíveis e impossíveis e continuei sofrendo absurdos com o ressecamento dos lábios.

Foi quando conheci o Protetor Labial Nívea Lip Care. Li algumas resenhas a respeito, pesquisei na internet e resolvi testar. Comprei o Med Protection, porque, de acordo com as resenhas, era o mais hidratante da linha. Comprei no sábado a tarde. Assim que passei nos lábios senti uma diferença imensa. Nunca, nada que eu tenha tentado teve um efeito tão rápido e tão favorável. A aparência dos meus lábios já era outra em menos de 5 minutos. E a maciez? Foi difícil acreditar que um produto tão acessível conseguisse um resultado tão milagroso com apenas uma passada.


O protetor durou bastante nos lábios, mas apos algumas horas tive que retocá-lo. Usei duas vezes no sábado. E no domingo, quando acordei, embora meus lábios ainda estivessem um pouco ressecados, nem se comparava a como ele estava no dia anterior. Usei mais três vezes no domingo. Hoje, passei só uma vez. Ainda não consigo acreditar em como meus lábios ficaram macios e aparentemente muito mais saudáveis em apenas dois dias. Gostei tanto do produto que resolvi mudar as postagens do blog pra compartilhar com vocês!

Pra quem quiser saber um pouco mais, o que eu comprei é o de embalagem branca. Vi em alguns blogs a mesma formula em embalagem verde água. De qualquer forma a composição é a mesma.


Como não utilizei toda a linha, trouxe pra vocês a descrição dos produtos baseada em algumas resenhas. Pretendo experimentar o Essencial Care também, mesmo assim, o Med Protection foi eleito meu favorito disparado. Algo que funciona mais que Bepantol só pode ser mágico.

Essencial Care: básico e eficiente, é o carro-chefe da linha. Como o próprio nome diz, é o essencial para quem quer proteger e cuidar dos lábios. Enriquecido com Óleo de Jojoba e Manteiga de Karité, impede que os lábios percam a umidade, deixando-os macios e suaves. O cheiro é bem leve, não deixa os lábios melados nem adiciona muito brilho.

Med Protection: O que eu comprei, apresenta uma proteção mais intensiva, ideal para lábios sensíveis que pedem cuidados especiais devido ao ressecamento. Em sua fórmula, ingredientes naturais, como óleo de gérmen de trigo e bisabolol, além de FPS 15. O aroma é similar ao do Essencial Care, mas tem um fundinho refrescante e mentolado, bem suave. Também parece ser um pouquinho menos emoliente (mais firme) do que o Essencial Care, o que parece aumentar sua duração. Praticamente não tem brilho. Ótima opção para situações em que a boca praticamente grita por ajuda!

Sun Protect: é o protetor ideal para ir à praia e a piscina ou simplesmente aproveitar os dias de verão, pois vem com FPS 30 e protege contra os raios UV, ajudando a prevenir o ressecamento e o aparecimento das manchas causadas pelo Sol. Tem o mesmo cheirinho de rocambole de baunilha do Essencial Care. Forma um filme levemente esbranquiçado nos lábios.

Puro & Natural Mel Leite: Vi muita gente falando bem desse! Produzido 100% com ingredientes naturais, como óleo de jojoba, manteiga de karité e extrato de mel e leite, deixa um gostinho de mel nos lábios (apesar de o cheiro ser mais forte do que o gosto, que é bem fraco). É livre de conservantes e parabenos.

Puro & Natural Menta: também é produzido com ingredientes 100% naturais e não contém conservantes. Tem fragrância e sabor de menta e proporciona uma sensação refrescante na boca. Essas variedades que acabei de citar não têm cor e deixam os lábios com um brilho super sutil, quase imperceptível. 

Abaixo, temos mais dois produtos da linha, que são ligeiramente pigmentados e bem brilhantes, e por esse motivo, acabam sendo utilizados como batom, além de protetor.  


Fruity Shine: tem gostinho e cheiro de morango e deixa os lábios levemente avermelhados e consideravelmente laqueados. É bem, mas bem docinho, quase como um pirulito! Aliás, a sensação de usá-lo é similar a de passar um pirulito de morango na boca, inclusive no quesito brilho. Possui FPS 10. Em sua composição, óleo de amêndoas e de jojoba e manteiga de karité. 

Pearly Shine: proporciona efeito perolado aos lábios, com um suave toque rosinha, que realça a cor natural da boca. Em sua fórmula, há extrato de pérolas e seda. O aroma é adocicado, mas não tanto quanto o do Fruity Shine. O efeito perolado pode deixar os lábios com uma aparência esbranquiçada, se usado em excesso.

Os protetores custam em torno de R$ 9,00, independente do tipo.

sábado, 16 de agosto de 2014

Ele X Ela

ELE: anda cansado das baladas e dos casos furtivos sem sentimentos. Aprendeu a gostar da própria companhia, sem precisar estar em uma turma de amigos todos os sábados. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que traga um sabor doce às suas manhãs, que seja a melhor companhia para olhar a lua. Que ele possa exibir os seus dons na cozinha e o seu conhecimento em vinhos, só para ela. Quer uma mulher que ele reconheça pelo cheiro dos cabelos, pelo toque dos dedos, pela gargalhada que vai ecoar pela casa transformando um domingo sem graça, no melhor dia da semana. Quer viver uma paixão tranquila e turbulenta de desejos… quer ter para quem voltar depois de estar com os amigos, sem precisar ficar “caçando” companhias vazias e encontros efêmeros. Quer deitar no tapete da sala e ficar observando enquanto ela, de short jeans, camiseta e um rabo de cavalo, lê um livro no sofá, quer deitar na cama desejando que ela saia do banho com uma lingerie de tirar o fôlego. Quer brincar de guerra de travesseiros, até que o perdedor vá até a cozinha pegar água. Quer o poder que nenhum dos seus super heróis da infância tiveram… o poder de amar sem medo, sem perigo e sem ir embora no dia seguinte. 
Quer provar que pode fazer essa mulher feliz! 


ELA: quase deixou de acreditar que seria possível ter vontade de se envolver novamente. Foram tantas dores, finais, recomeços e frustrações que pensou em seguir sozinha para não mais se machucar. Então percebeu que a vida de solteira já não está fazendo tanto sentido. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que possa acordá-la com um abraço que fará o seu dia feliz, quer um homem que ela possa cuidar e amar sem receios de que está sendo enganada. Quer a alegria dos finais de semana juntinhos, as expectativas dos planos construídos, o grito de “gol” estremecendo a casa quando o time dele estiver ganhando… a cumplicidade em dividir os segredos. Quer observá-lo sem camisa, lendo o jornal na varanda… quer reclamar da bagunça no banheiro, rindo e gritando quando ele revidar puxando-a para o chuveiro, completamente vestida. Quer a certeza de abrir a porta de casa e saber que mesmo ele não estando, chegará a qualquer momento trazendo o brigadeiro da doceria que ela gosta tanto. Quer beijar, cheirar, morder, beliscar e apertar para ter certeza que a felicidade está ali mesmo… materializada nele.
Quer provar que pode fazer esse homem feliz! 


ELES: estão por aí, sonhando um com o outro… talvez ainda nem se conheçam… mas é só uma questão de tempo, até o destino unir essas vidas que se complementam e estão ávidas para amar e fazer o outro feliz. 


Será que se desejarmos com força o universo realmente traz o que desejamos? 
Quem sabe.


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Não desista;

Um ano atrás o meu mundo desabou. 
O meu pai ficou doente, e a minha namorada terminou. 
Eu estava sozinho e com medo. 
As minhas lágrimas tinham peso e um gosto azedo. 
Eu passei várias noites em claro. 

Se você já passou por isso, então sabe que, um hora as lágrimas acabam, e o coração acalma. 
E é nesse momento, com o coração calmo, que você escolhe. 
Entre ir atrás do passado, ou seguir em frente com o presente. 
Este é um ponto importante. 
Qualquer que seja a escolha, não se arrependa. 

Aguente firme, querida, a vida é dura, e a escolha é sua. 
Não importa o que aconteça. 
Você é invencível. 
Sim, é verdade. 

Arrisque. 
Pra ser feliz, tem que ter coragem. 
É assim. 
Intensidade. 
É tudo o que você pode fazer. 

Eu sei. 
São tempos difíceis para quem ama de verdade. 
Nesse mundo, amar virou absurdo ou raridade. 
Mas chega de tanto faz. 
Se não transborda, não importa. 
Tudo aquilo que deseja é, acordar com um sorriso, e um bom dia. 

Eu sei. 
Todas as suas dúvidas, dentro de um abraço forte, se resolvem. 

Continue assim. 

Não desista. 
Não deixe esse mundo cheio de razão, esvaziar o seu coração. 

Hoje é um novo dia. 
Siga em frente, ainda tem muita vida. 

Não deixe que esse mundo cheio de vaidade, destrua a sua felicidade. 
Você é incrível. 
Sim, é verdade. 

Por mais que a vida te machuque, no fundo você sabe. 
O coração de uma mulher, é uma constelação de querer, ter esperança e viver.


- Ique Carvalho.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Depressão;

Repararam quantos casos tem sido noticiados nos últimos tempos? Embora a Psicologia esteja conquistando seu espaço nos últimos anos, o preconceito (e a falta de conhecimento) perante a profissão ainda é muito grande.

Acabo de ser surpreendida com a morte do ator Robin Williams. Segundo informações, ele estava lutando contra uma depressão severa. Ainda não posso afirmar que foi mais um caso que terminou na triste forma de suicídio. Mas as principais suspeitas da polícia é que o ator realmente "deu fim" ao seu sofrimento. Poucas semanas atrás fomos surpreendidos com o suicídio do comediante Fausto Fanti (Renato, do grupo de humor Hermes & Renato). Com um relato emocionantíssimo de seu irmão, conseguimos entender um pouco mais do sofrimento que tomava conta de uma das pessoas que mais fizeram os jovens da nossa geração sorrir. Nas duas ultimas semanas, estes foram os casos em evidência. Mas não são os primeiros! Não são os únicos e, provavelmente, enquanto estou aqui escrevendo mais alguém possa estar desistindo da "batalha da vida" devido a depressão. 

É triste perceber a proporção que a doença tem tomado, os cuidados que estão em falta e como, mesmo com todos esses casos em evidência, as pessoas ainda se recusam a procurar ajuda psicológica. Depressão não é frescura, psicólogo não é coisa de louco, e você não se torna menos que ninguém por procurar ajuda. Pelo contrário!

Vivemos numa geração onde os médicos são procurados para tudo, desde que não envolva a saúde mental. Quando o assunto é envolvido são gerados diversos tabus e mesmo com a reforma psiquiátrica brasileira, ainda não conseguimos reconhecer a importância de um profissional especializado em nossas vidas. 

Recentemente, li "Holocausto Brasileiro", pra quem não conhece é um excelente livro da jornalista Daniela Arbex. O livro relata o genocídio com 60 mil mortes no maior Hospício Brasileiro. Pacientes eram internados a força, sem nenhum diagnóstico de doença mental, violentados, torturados e mortos. As vezes eram apenas pessoas tímidas, mulheres traídas, pessoas depressivas. Homossexuais, prostitutas, epilépticos, meninas que engravidaram de seus patrões ou que perderam a virgindade antes do casamento. A verdade é que, qualquer pessoa que não se ajustasse a sociedade ou aos interesses dos mais poderosos, era considerado louco, e "jogado para morrer" no Hospício de Barbacena, em Minas Gerais. 

Graças a reforma psiquiátrica, este tipo de Holocausto realizado pelo Estado, onde os médicos, funcionários e toda a população foram coniventes, não existe mais. Pelo menos, não deveria existir. Vi pouco tempo atrás na TV uma reportagem sobre casos semelhantes, onde os pacientes eram desrespeitados, sofriam condições desumanas e quero deixar bem claro, que qualquer uma destas situações desagradáveis devem ser denunciadas e os responsáveis punidos. De qualquer forma, citei o livro apenas para enfatizar que o "preconceito" com a saúde mental vem de décadas. Mesmo assim, hoje, a psicologia tem conquistado seu espaço e luta para que esses tabus sejam quebrados.

Quando alguém está sentindo um desconforto no coração, o que faz? 
Procura um cardiologista. 

O mesmo procedimento deve ser tomado quando sentimos um desconforto mental. As vezes, temos todas as respostas a nossa frente e não conseguimos enxergar sem ajuda. Já ouvi diversas vezes que "para isso servem os amigos". O fato é que um Psicólogo estuda anos (e passa o resto da vida estudando e se especializando) para saber a melhor forma de te ajudar. Sua opinião, escuta, reflexão é toda baseada em teorias, estudos e conhecimento. Nesse caso, amigos são como remédios caseiros. Podem parecer ajudar por um tempo, mas se você não procurar um especialista e os sintomas persistirem, você vai acabar ficando mais adoentado do que já estava inicialmente.

Outra coisa que queria enfatizar com a citação do livro é que por mais que a saúde mental fosse vista de outra maneira, que diversas situações não tenham sido diagnósticas, ou pelo menos, não diagnosticadas corretamente, a taxa de suicídio aumentou brutalmente nos últimos anos, principalmente entre os jovens. Estima-se que nos últimos 25 anos essa taxa tenha aumentado 30%. Sabia que essa taxa é maior do que a média de crescimento da população? Morrem cerca de 26 brasileiros por dia devido ao suicídio. E embora seja um número alarmante, as pessoas ainda não conseguem abordar o assunto. 

Na década de 1990, a taxa de suicídio aumentava em todos os países do mundo, e a OMS (Organização Mundial de Saúde) resolveu lançar um programa de prevenção. Todos os países que fizeram campanhas de esclarecimento conseguiram reduzir os números. O que só confirma ainda mais que precisamos nos livrar dos tabus e buscar ajuda. Procurar ajuda. Disponibilizar ajuda. Investir em ajuda. 

Eu podia passar a noite inteira escrevendo sobre os motivos que tem levado a esse aumento de suicídios nos últimos anos. Nossa sociedade cada dia menos solidária, a pressão constante para sermos felizes, os ideais que temos perdido com o decorrer dos anos, a falta de apoio, nossa busca insaciável, ganancia, conflito de gerações, entre tantas outras coisas. Mas o que quero enfatizar não é nossa "sociedade doente", mas a cura de um conflito interno que tem destruído diversas pessoas (e famílias).  

Não só a depressão tem sido preocupante, como tantas outras doenças e/ou síndromes que temos acarretado com o passar dos anos. O fato é que devemos nos preocupar com nossa saúde mental como nos preocupamos com nossa saúde num geral. Procurar um profissional sempre que sentirmos a necessidade de ajuda, sem medos, receios, preconceitos ou tabus. 

O profissional de saúde mental pode te ajudar muito mais do que você imagina! 
Já passou da hora das pessoas reconhecerem sua verdadeira importância.

Psicólogo não é coisa de louco. Terapia não é coisa de fresco. 
Conflitos também merecem atenção. 


#BusqueAjuda #SeConheça #FaçaTerapia 
#ProcureUmPsicólogo