' Falta tanta coisa na minha janela como uma praia, falta tanta coisa na memória como o rosto dele*, falta tanto tempo no relógio quanto uma semana, sobra tanta falta de paciência que me desespero. Sobram tantas meias-verdades que guardo pra mim mesma*, sobram tantos medos que nem me protejo mais, sobra tanto espaço dentro do abraço, falta tanta coisa pra dizer que nunca consigo..

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Enquanto isso no MSN;

- Acho que vou voltar a namorar!
- Por que?
- Ah, porque essa vida de baladas não é pra mim. Acho que já passei dessa fase. Me responde uma coisa, quando você sai, que você chega em casa e deita a cabeça no travesseiro, o que você pensa?
- Depende. Tem vezes que tudo o que eu mais queria era estar namorando. Ficar em casa assistindo filme debaixo das cobertas... fazendo programa de namoradinho... Enfim... Você, melhor do que ninguém, sabe que eu odeio essa vida de solteira. Eu não sei ficar por ficar, não gosto de balada, muvuca e pegação. Quando saio, é só pra estar com os meus amigos... mas é óbvio que eu preferia um trilhão de vezes o infinito estar namorando.

- Então...
- Mas tem uma diferença. Ao mesmo tempo que eu odeio o fato de estar solteira, eu continuo não querendo namorar o primeiro que aparecer na minha frente. Na verdade, o que eu realmente sinto falta é daquela coisinha de estar apaixonada estando em um relacionamento, ter alguém que me faça bem, que eu fique feliz por conversar, que me dê frio na barriga, que faça meu coração acelerar. Que me dê vontade de estar sempre por perto e que eu queira mover o mundo só pra tê-lo ao meu lado, e ser recíproco sabe? Se eu sentir tudo isso pela pessoa, vou querer namorar. Agora, namorar sem sentir? Só pra não me sentir sozinha? Desculpa... mas nessas condições eu prefiro continuar sozinha.
- Mas isso é estar apaixonada. Não um relacionamento. Com o tempo isso muda...
- Sei lá, eu namorei 4 anos e posso falar por mim. Quando eu escutava ele me chamar no portão, meu coração acelerava. Eu me olhava 500 vezes no espelho antes de sair pra atende-lo. Mesmo fazendo 4 anos que a gente namorava, eu ainda sentia todo aquele friozinho na barriga. Toda aquela ansiedade.
- Igual ao começo?
- É claro que tiveram fases que foi mais ou menos intenso. Mas de qualquer forma, nunca parou de acontecer. E é DISSO que eu sinto falta. De ter alguém que me faça sentir tudo isso de novo. Não apenas de ter alguém pra não ficar sozinha...
- Mas era primeiro namorado. É assim mesmo...
- Eu acho que não foi apenas por isso. Depois que eu terminei, que eu me envolvi com aquele menino, tudo bem, foram apenas 6 meses, mas eu conseguia sentir tudo isso. E mesmo depois que "terminamos", encontrei ele um ano depois e continuava sentindo a mesma coisa. Dois anos depois, e a mesma coisa... mesmo sem ter ficado com ele novamente. Da mesma forma que conheci outras pessoas que não consegui sentir isso nem no começo, nem no meio, nem no fim. E na maioria das vezes, não conseguia nem começar algo. Acho que vai de pessoa pra pessoa. A mesma coisa aconteceu com você e com a menina da sua facul. Você não precisou de muito tempo pra ficar tão apaixonado. E sem saber explicar o porque, você apenas enfatiza, até hoje, que com ela teria dado certo. Então... é mais ou menos isso. E é isso que eu quero pra mim, não apenas o rotulo "estou namorando".
- Mas eu não quero continuar solteiro...
- Então volta a namorar, ué. Só não acho legal o motivo pra essa volta ser o fato de você não querer ficar sozinho, se você realmente sentisse todas essas coisas pela menina, okay... eu te daria o maior apoio, mas você sabe que não é! E que você só quer voltar, porque não sabe ficar sozinho. Eu não acho legal, mas enfim... quem sou eu pra falar algo?
- Vamos pro nosso momento música do dia.. pra descontrair um pouco: Se um dia eu disser que não te amo, é que eu te amo ainda mais, pode acreditar. Se um dia eu disser que não te quero, é que eu te quero o dobro ou mais, tenta imaginar... Não sei mentir, meus olhos dizem mais que minha boca. Eu vejo que não tem saída, esse teu jeito meio louca, me faz feliz, amor que vai durar pra toda vida... 
- "Esse teu jeito meio louca" Quanto romantismo! HAHA
- Eu não me separo de você mulher, nem se a globeleza um dia me quiser... Se na Mega-Sena eu vencer... Fico com você, fico com você! Se no Barcelona eu for camisa 10, me cobrir de ouro da cabeça aos pés... Mesmo assim se isso acontecer, fico com você, fico com você... 
- É, porque a Globeleza não faz seu tipo! Te conheeeço... Coloca outra musa no lugar pra você ver...
- Kkkkkkk... depois a gente continua a nossa conversa, preciso ir pra facul. 
- Beleza, Foge mulher maravilha, foge com o Superman! HAHAHA
- Kkkkkk.... Conversa de bêbado.
- Acho que tô dopada de medicamentos!
- Sempre né?
- ¬¬

Nenhum comentário:

Postar um comentário